Sem perder o foco

“A outro disse Jesus: Segue-me! Ele, porém, respondeu: Permita-me ir primeiro sepultar o meu pai. Mas Jesus insistiu: Deixa os mortos a sepultar os seus próprios mortos. Tu, porém, vai e prega o reino de Deus” (Lucas 9.59-60 / RA). Neste texto, vemos Jesus chamando alguém para segui-lo: “SEGUE-ME”. O texto não fala se eles se conheciam há muitos dias ou se tinham acabado de se encontrar, o que sabemos é que não foi o discípulo que chamou o Mestre, mas o Mestre que chamou o discípulo. Jesus declara aos seus discípulos: “Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça…” (João 15.16). Ele nos chama assumindo a responsabilidade total sobre nossas vidas. Alguém chamado por Deus não vive mais pelos seus próprios recursos e sim pelos daquele que o arregimentou (Fl 4.19). Alguém chamado não vive mais para os seus próprios propósitos. Suas prioridades mudam, suas escolhas, suas crenças pessoais e até mesmo o seu foco. Mas o interessante é que quando Jesus chama-o, o discípulo diz: “Permita-me ir primeiro sepultar meu pai”. Essa é uma típica justificativa que fazemos enquanto recebemos uma Palavra que requer obediência. Você já fez isso alguma fez?

jeancosta

Cristão, moro em Macau/RN, tenho 40 anos, quatro lindos filhos, gerenciador em uma grande rede de supermercados, viciado em leitura e apaixonado por internet.

Você pode gostar...

Gostou? Deixe seu comentário!

Você deseja Memorizar a Bíblia Sagrada? Então Clique no Botão ao lado Agora!Clique Aqui e COMECE AGORA!