Ez 28.1 – a glória do SENHOR.

Livro do Profeta Ezequiel, capítulo 1, versículo 28.

Como o aspecto do arco que aparece na nuvem no dia da chuva, assim era o aspecto do resplendor em redor. Este era o aspecto da semelhança da glória do Senhor; e, vendo isto, caí sobre o meu rosto, e ouvi a voz de quem falava.

a glória do SENHOR. Esta expressão e outras semelhantes ocorrem dezessete vezes no livro. A palavra “glória” (heb. kabod) incorpora a idéia de pêso, magnitude ou dignidade. Quando usada a respeito de Deus, fala de Sua presença, de Seu poder, esplendor e brilho, aquela manifestação de Sua santidade, beleza e fulgência que O revela digno de louvor e adoração. Rabinos antigos também usavam a palavra shekinah (que significa residência) para indicar o brilho, a glória ou presença de Deus habitando “no meio de seu povo”, como no Tabernáculo (Ex 40.34) e no Templo (2 Cr 7.1-3). O termo rabínico shekinah era reservado para ocasiões em que a glória de Deus se manifestava fisicamente. A retirada e o retorno final dessa “glória do Senhor” são um grande tema desta profecia.

jeancosta

Cristão, moro em Macau/RN, tenho 40 anos, quatro lindos filhos, gerenciador em uma grande rede de supermercados, viciado em leitura e apaixonado por internet.

Você pode gostar...

Gostou? Deixe seu comentário!

Você deseja Memorizar a Bíblia Sagrada? Então Clique no Botão ao lado Agora!Clique Aqui e COMECE AGORA!